14 de novembro de 2010

lavagem de dinheiro e corrupção


Tomei conhecimento desta fraude pela primeira vez na Europa e diretamente com uma vítima. Tenho informações de vários outros casos parecidos também no Brasil. Até acompanhei alguns.

O esquema geral é o seguinte. Uma pessoa propõe a um empresário ou profissional, reputado e com boa capacidade financeira, de cooperar em um esquema de troca de dinheiro falso por dinheiro bom. A operação supostamente daria um lucro muito grande. São feitos alguns testes, sempre bem sucedidos e envolvendo pequenas quantias, para atiçar a ganância da vítima. Depois na hora da primeira operação com valores elevados, alguma coisa não dá certo e a vítima perde tudo.

leia aqui:

2 comentários:

Paulo Roberto Brandão disse...

O perfil dos falsificadores também mudou: se antes eram criminosos que se consideravam "artistas", os de hoje são frequentemente jovens que usam seus computadores para produzir dinheiro suficiente para um fim de semana divertido. Outros ainda são pequenos golpistas e traficantes.

namoronaboa disse...

Olá Paulo!

Agradecemos por você estar seguindo nosso blog Namoro na Boa.
Estamos seguindo o seu também, valeu!
Quanto à esquemas: os punguistas sempre estarão um passo à frente das pessoas de bem, infelizmente.
A ingenuidade e bondade são facilmente confundidas nessas ocasiões pelos diligentes.
Abraços