26 de dezembro de 2009

O Universo é uma imensa livraria.


O Universo é uma imensa livraria. A Terra é apenas uma de suas estantes.
Somos os livros colocados nela. Da mesma maneira que as pessoas compram livros, apenas pela beleza da capa, sem pesquisarem o índice e conteúdo do mesmo, muitas pessoas avaliam os outros pela aparência externa, pela capa física, sem considerarem a parte interna.

Outras procuram livros com títulos bombásticos, sensacionalistas, histórias de terror ou romances profundos. Também é assim com as pessoas: há aquelas que buscam sensacionalismos baratos, dramas alheios ou apenas um romance profundo ou rasteiro.

Somos homens-livros lendo uns aos outros. Podemos ficar só na capa ou aprofundarmos nossa leitura até as páginas vivas do coração. A capa pode ser interessante, mas é no conteúdo que brilha a essência do texto. O corpo pode ter uma bela plástica, mas é o espírito que dá brilho aos olhos.

href="http://maryvillano.blogspot.com/" target="_blank">
**********************************************************************************
VIOLÊNCIA SEMPRE GERA VIOLÊNCIA...

São Paulo tem mais de 1% dos homicídios do mundo
http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI356595-EI306,00.html

Mais de 6 mil pessoas perderam a vida na cidade de São Paulo em 2002, uma proporção de 58 mortes por 100 mil habitantes. De acordo com cálculos da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1% dos 520 mil homicídios que ocorreram no mundo em 2000 foram cometidos na capital paulista.
Esses números não incluem mortos em guerras ou outros conflitos nem suicídios. Apenas os óbitos resultantes de violência interpessoal. A participação da cidade na população mundial, estimada pela ONU em 6,1 bilhões de pessoas, é de apenas 0,17%.
Apesar disso, depois de forte aumento nos anos 80 e 90, as mortes por homicídio diminuíram na cidade nos últimos anos. Entre 2001 e 2002, caíram 9%. Os números do último trimestre do ano passado mostram uma redução ainda maior, de 16%, em relação ao mesmo período do anterior.
Quarta mais violenta
A média de 58 homicídios por 100 mil habitantes coloca São Paulo como a quarta capital mais violenta do país ¿ depois de Recife, Cuiabá e Porto Velho. Mas os números situam a cidade como uma das mais violentas do mundo, com índice de homicídios inferior apenas a lugares como Medellín e Cali, na Colômbia, Cidade da Guatemala e San Salvador.
Os índices de homicídio em São Paulo variam muito nos diversos bairros da cidade ¿ e invariavelmente são muito superiores na periferia do que nas áreas centrais, mais policiadas e habitadas por membros da camada mais rica da cidade.
Os índices de homicídio variam de dez por 100 mil habitantes na região de Pinheiros, de classe média e a poucos quilômetros do centro, a 103 por 100 mil (uma morte a cada mil habitantes por ano) em Parelheiros, no extremo sul da cidade, já na divisa com a Serra do Mar.
E entre essa população, os homens jovens são as maiores vítimas. Os homicídios são a principal causa de mortes entre os homens de 10 a 49 anos, à frente de doenças do coração e acidentes de trânsito. Na população total, os assassinatos são a terceira causa de mortes na cidade.

Um comentário:

ROBERTO BRANDÃO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.